terça-feira, 30 de setembro de 2008

caffeine for life .

OIOIOIOIOIOI.
Ok, tentarei explicar essas interjeições de cumprimento frenéticas aí em cima. Acho que foi o efeito da quantidade excessiva que eu venho ingerindo nesses dias. Não sei se na papelaria o melhor que eu tenho a fazer é beber café, ou porque eu gosto mesmo, ou porque o meu organismo pede mais e mais, mas estou completamente viciada.
De sexta feira pra cá, a política itatibense vem me atingindo fortemente. A minha casa e tal, quero dizer. Não os meus pais diretamente, mas o veículo de notícias o qual eles dirigem: o jornal Em Foco. Bom, não devo dizer que não me atinge e não atinge Milca e Fausto PAIS, porque é dentro da minha casa, e eu estou vendo e sentindo tudo. Com essa frase eu dei a entender que é uma coisa grave pra caramba. E não deixa de ser, mas estamos nos divertindo. A questão é que...
Ainda não posso dizer, tenho medo de algum oficial ler e termos de pagar as conseqüências. A partir de amanhã, a minha liberdade de expressão será imposta e saberão o que está acontecendo.
E a crise? Dos Estados Unidos, quero dizer. Bom, a crise sendo DOS Estados Unidos, passa a ser do planeta inteiro, estou errada? Hoje eu entendi como funciona a bolsa de valores e percebi que lá estando assim, aqui fica pior. Aqui, lá e nos outros dois cantos do mundo. Na verdade, só pra uma pessoa isso tudo é bom. E o nome dele é Obama. Barack Obama.
Falando em entender, números e tudo mais, entendi matemática. Aprendi de verdade e posso considerar que aprendi química também. Amém! Tipo, eu consegui fazer os exercícios. Mal pude acreditar. Foi um momento que deve ser guardado para as próximas gerações.
Descobri na semana passada, que ganhei uma porcentagem de bolsa no meu tão sonhado Anglo. Só preciso saber de quanto é essa porcentagem.
E eu estou louca da vida com aquela escola que não quer devolver o dinheiro da formatura. Eu desisti da formatura, para, com o dinheiro que devolveriam, comprar os ingressos do show das irmãs Barlow, mas a resposta que eu tive da coordenadora Simpson (longa história, fica pra outra hora) foi: "temos de fazer um levantamento e ver se precisa devolver alguma coisa" Como assim, cara Maggie?
Amanhã eu volto, caros amigos (caro amigo, eu sei), com a notícia que vem ecoando fervorosamente pelos quatro cantos de Ita.
God bless.
xoxo, m.

p.s.: eu processo a escola se eu não for ao show porque não devolveram o dinheiro.
p.p.s.: eu não encontrei o garoto. Minha mãe tem soluções tão criativas, nem queiram saber. Eu não vou mesmo desistir de encontrá-lo. Porque o frisson virou paixão. Agora estou aqui, sofrendo por amar alguém cujo nome eu não sei, sabendo que as chances de nunca mais encontrá-lo são reais. Pelo amor de Deus, me ajudem. Digam para mim o que eu devo fazer para tentar achá-lo, antes que eu tenha um surto ou uma síncope nervosa.

1 Comentários:

Blogger Gabriel. disse...

química <3 dou aulas grátis – mentira.

2 de outubro de 2008 15:42  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial