sexta-feira, 12 de setembro de 2008

I did my best ;

Ah, finalmente estou de volta! Nesses dois dias senti como se parte de mim tivesse sido arrancada. Ou, se preferir, senti como se o blog fosse parte de mim e tivesse sido arrancada. Na quarta feira não postei porque me sentiria muito culpada por, ainda que estivesse mal, tivesse capacidade suficiênte para postar e não para estudar matemática. E ontem... Ontem porque eu passei as seis horas mais... Mais... Nerds de toda a minha vida. Seis horas estudando, com apenas uma pausa para assistir às Novas Aventuras de Christine. Agora eu entendo o porquê de me dizerem que vale a pena estudar. Foram seis horas cansativas, mas a recompensa que terei semana que vem será gratificante. Eu respondi a todas as questões de uma forma muito completa. Fui a última a sair da sala, pela primeira vez em toda a minha vida. Tenho testemunhas de que não mentiria se dissesse que minha mão ficou inchada, quando acabei a prova. Foram quatro páginas de resumo da matéria dada. Um trabalho de dez páginas sobre os temas pedidos. Ah, estou contente e orgulhosa de mim mesma. VOU fazer isso nas próximas provas. E principalmente nas quais eu necessito.
Ontem completaram-se sete anos do mais cruel e violento atentado terrorista de todos os tempos. Quer dizer, todos os atentados terroristas são cruéis e violentos, mas, não podemos negar que esse foi o pior. Chocou a todos naquele 11 de setembro de 2001.
E, no dia de ontem pudemos ver nossos dois candidatos à presidência dos Estados Unidos, esquecendo a política em respeito às vítimas.
Acho que não deveria ter tido aulas. Penso que estamos muito... Vulneráveis a ataques. Um ataque em Ita não seria nada mal, hein?
Estou lendo, desde quarta feira, A Garota Americana, também da Meg. Finalmente, depois de quatro meses de espera incontrolável. Mas, não sinto o mesmo prazer que sinto lendo um livro que é meu. É da Marcela, ela me emprestou. Acho que não consigo terminar em dois dias, para continuar no mesmo patamar de tempo de leitura dos outros dois. Não devia ter começado na quarta, apesar de ter lido poucas páginas.
Estive pensando... Tive três oportunidades desperdiçadas de comprar Crepúsculo-não-da-Meg. A primeira foi na bienal, mas, acho que não posso considerar pelo fato de não ter, ainda, interesse pelo livro. A segunda foi quando fui à livraria. Estive com o livro nas mãos, mas uma força maior não sei de quem, mandou que eu comprasse A Rainha da Fofoca. E a terceira, presumo que tenha sido a mais trágica. Quero dizer, o livro estava sendo ofertado a preço de banana no site e eu não comprei. Que tipo de pessoa sou eu?
Hoje percebi que em nenhum dos meus posts mega-gigantes os meus leitores comentaram, então deduzi que é por causa do tamanho que não lêem. Por isso vou tentar parar por aqui, para vocês lerem e comentarem. Estou ficando completamente cega e preciso urgentemente de um oftalmologista que me receite um par de óculos.
Gostei de R.E.M. Muito bom! Tinham de ser britânicos, não?!
God bless.
xoxo, m.

2 Comentários:

Anonymous Maáh (ll' disse...

Pra provar que eu li, sim, até o final (: Realmente, há 7 anos atrás essa tragédia chocou o mundo todo...foi muito legal ver os dois candidatos a presidente dos EUA juntos em homenagem aos mortos...nossa, um atentado aqui?O.O' Quer dizer, em Itatiba, ou até mesmo em Jundiaí, seria uma má idéia...ah, até que não seria não, assim todo mundo esquecia a humilhação de ontem, haha (: Até mais Ni :*

12 de setembro de 2008 13:41  
Blogger Gabriel. disse...

(Glupt - mais um gole de Pepsi Twist quente) Acredito que o "Crepúsculo-não-da-Meg" que você tanto fala em seus posts, é o da escritora Stephenie Meyer (lê-se: livro com uma ligeira mão pálida, segurando uma maçã - que por sinal, é mais vermelha que a que envenenou a coitada da branca de neve), acertei?

12 de setembro de 2008 16:52  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial